São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - quarta-feira 20 de Junho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.533

Cria-se o ódio e, depois, o “auxílio sala VIP” para o STF




POR FERNANDO BRITO | 07/06/2018

O país se derrete, com o dólar na bica de chegar aos 4 reais e a Bolsa ameaçando  perder o patamar de 70 mil pontos e a manchete do site de O Globo é o aluguel de uma “sala VIP” no aeroporto de Brasília para os ministros do Supremo Tribunal Federal, ao custo de R$ 375 mil ao ano.

É óbvio que é um escárnio, até porque a alegação de que se lhes garantiria segurança cai por terra com uma simples pergunta: mas chegando a seus destinos em outras cidades ou partindo de lá suas excelências não estariam correndo os mesmos riscos que se invocam para a pataquada?

Claro, a internet está caindo no couro de Cármem Lúcia e dos demais, seguindo as regras que os próprios magistrados ensinaram ao país: julgue  sem ouvir, odeie e seja intolerante, em lugar de abrir o debate.

Querem segurança contra os loucos que eles próprios cevaram e cevam?

E o Globo, evidente, deixa de lado os grandes bueiros por onde se esvaem as riquezas nacionais para focar-se nos ralos e vazamentos que enxovalham – e enxovalham, mesmo – os “poderosos”, sempre na linha de ir achando os “culpados” para as desgraças deste país.

O baile da Ilha Fiscal é, sem dúvidas, escandaloso, mas o sistema escravocrata do império é que decaía e encontrava nele o seu símbolo quase caricato.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]