São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - quarta-feira 18 de Julho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.561

Não se iludam com STF; sem pressão popular, eleição será uma fraude diz Leonardo Stoppa



O apresentador Leonardo Stoppa acredita que o adiamento do STF na votação do recurso de libertação do ex-presidente Lula serve para conter um levante; "Não se iludam, se não ocorrer a formação de uma frente popular que reivindique a liberdade de Lula, as eleições de 2018 serão fraudadas", alerta; Assista a íntegra do programa Léo ao Quadrado


27 DE JUNHO DE 2018

O programa Léo ao Quadrado abordou a última arbitrariedade do judiciário envolvendo o ex-presidente Lula, preso há quase três meses na sede da Polícia Federal de Curitiba (PR). Desta vez, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, submeteu ao plenário da Corte um recurso da defesa do ex-presidente Lula para que o pedido de liberdade seja analisado pelo tribunal. Tal votação ocorrerá apenas em agosto, tendo em vista que o STF entrará em recesso em julho.

O apresentador Leonardo Stoppa acredita que Fachin quer adiar a libertação do ex-presidente Lula na tentativa de enfraquecê-lo. "No dia que o STF marcar o julgamento no plenário, o que provavelmente ocorrerá em agosto, eles encontrarão outro motivo para manterem Lula preso, evitando que seja eleito presidente", afirma.

Ele considera também que o adiamento serve para conter um levante popular. "Não se iludam, se não ocorrer uma pressão por parte da esquerda e a formação de uma frente popular para libertar Lula, as eleições de 2018 serão fraudadas com Lula fora do páreo", alerta Leonardo Stoppa.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]