São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - quarta-feira 20 de Junho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.533

“Sérgio Moro privatizou o judiciário e socializou o dano de R$ 40 bi na Petrobras”, diz Reinaldo Azevedo



13 de junho de 2018 | Por Esmael Moraes

O jornalista Reinaldo Azevedo, da Folha e da Bandnews, afirmou nesta quarta (13) que o juiz Sérgio Moro “privatizou o judiciário” e socializou um “dano de R$ 40 bilhões” na Petrobras com todos os brasileiros.

Azevedo se referiu à decisão de Moro de blindar as empreiteiras e executivos condenados criminalmente na lava jato de ações na área cível. O magistrado proibiu o compartilhamento de provas para órgãos governamentais como AGU, CADE, Receita Federal, dentre outros, para pedir reparação de até R$ 40 bilhões de prejuízos na estatal de petróleo.

Segundo o jornalista, o Ministério Público Federal — e a lava jato — deu um “golpe” nos demais órgãos da União.

“Imagina se o ministro Gilmar Mendes tivesse blindado as empreiteiras para se eximirem de prejuízo ao erário de R$ 40 bilhões. Com certeza pediriam o impeachment dele”, disse.

Reinaldo Azedo afirmou ainda que Sérgio Moro está sendo uma mãe para os empreiteiros que causaram danos à Petrobras. “Eles amam Moro”, completou.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]