São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - quarta-feira 20 de Junho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.533

Sindicalistas do mundo inteiro fazem ato internacional por Lula Livre em Genebra na Suiça



1º de Junho de 2018 | Por Esmael Moraes 

Mais de 150 sindicalistas de dezenas de países de todos os continentes, que estão participando da 107ª Conferência Internacional do Trabalho da OIT, realizada em Genebra, na Suíça, marcaram presença no “Ato Internacional de Solidariedade dos Trabalhadores e das Trabalhadoras pela libertação do ex-presidente Lula”. O evento realizado nesta quinta(31) foi organizado pelas centrais sindicais brasileiras – CUT, Força Sindical, Nova Central e CTB. 

A integrante da equipe de defesa de Lula, a advogada Valeska Teixeira, relatou o processo de perseguição política do Juiz da Lava Jato, Sérgio Moro. A prisão coercitiva, com a invasão no apartamento dele, dos filhos, noras e netos, que levou vários objetos e documentos até hoje nunca devolvidos, as divulgações ilegais de gravações dos advogados de defesa, a prisão política de Lula e a farsa da propriedade do apartamento no Guarujá atribuída ao ex-presidente.

“É um juízo de um tribunal de exceção que nenhum lugar do mundo permitiria. Esse é o ambiente que o ex-presidente Lula está sendo condenado”, denunciou a advogada.

*Com informações da CUT – Foto de Clair Ruppert


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]