São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 17 de Julho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.560

O STF mantém Lula preso para sequestrar mais da metade dos votos do povo brasileiro

Golpistas, a injustiça nunca triunfou na história


A prisão política de Lula e o sequestro das eleições de 2018 pelo STF


Por: Carlos Henrique | 02/07/2018

Partindo da constituição de 1988, que é a nossa carta mágna (artigo 5º, inciso 57) ”ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória”

O Código de Processo Penal (artigo 283) afirma que ”’ninguém poderá ser preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e fundamentada da autoridade judiciária competente, em decorrência de sentença condenatória transitada em julgado ou, no curso da investigação ou do processo, em virtude de prisão temporária ou prisão preventiva”

Mas em decorrência das eleições em que Lula está disparado nas pesquisas e vence no 1º turno, a coisa para o STF é bem outra. Na verdade, o inverso do que reza a constituição.

A fragilidade dos argumentos para manter Lula como preso político, ridiculariza o STF mais do que já está ridicularizado.

O STF mantém Lula preso para sequestrar mais da metade dos votos do povo brasileiro.

Querem fazer da eleição outra gigantesca farsa.

Se Lula tivesse o 1% de Alckmin e este os 33% de Lula, ele estaria preso?

Nunca!

Estão prendendo sua vitória no 1º turno.

Fosse o STF guardião da constituição, Moro, com sua Lava Jato, não cometeria tantos crimes e ilegalidades contra o PT, Dilma e Lula.

O STF usa todos os subterfúgios jurídicos para manter o golpe contra Dilma e a prisão de Lula. É o inimigo nº 1 da constituição. 

Que matemática é essa do STF que julga contra Lula, em menos de uma hora e não julga, há dois anos, o golpe do impeachment de Dilma?

O mais imoral dos ministros do STF na sua catimba do HC de Lula, é saber que ele é inocente, que não há prova alguma contra ele.

O judiciário está tão cagado pelas ações rasteiras de Cármen Lúcia, Barroso e Fachin que, se Gilmar Mendes respeitasse a constituição e acabasse com a prisão depois da condenação em 2ª instância, seria aquela histeria na mídia.

Mas como nossa constituição é a Globo….

Agora, imaginem isso, Alexandre de Moraes, que julgou rapidamente o HC de Lula, é ex-secretário de justiça de Alckmin, o mesmo que tem 1% nas pesquisas de uma eleição em que Lula ganha no 1º turno.

Precisa desenhar ou esse borralho todo já é o desenho do que o Brasil está vivendo?


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]