São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil - terça-feira 17 de Julho de 2018 - Ano: X - Edição: 3.560

PEDRO MACIEL | Pela prisão de Sergio Moro




Pedro Maciel | Advogado, sócio da Maciel Neto Advocacia, autor de “Reflexões sobre o estudo do Direito”, Ed. Komedi, 2007 

8 de Julho de 2018

Sérgio Moro, Juiz Federal responsável pelo desmonte da indústria nacional e pela farsa denominada Lava-Jato, condenou o Presidente Lula sem provas, nega a oitiva do advogado Rodrigo Tacla Duran arrolado como testemunha em diversos processos (porque ele teria conhecimento de malfeitos praticados por Moro e seu padrinho), agora decidiu não cumprir uma ordem de Desembargador Federal que concedeu Habeas Corpus a Lula, ISSO É CRIME.

O país é refém de um "Zé ninguém", um sem-voto, um provável agente de interesses do capitalismo financeiro nacional e internacional. Sim, para a república e para os democratas Sérgio Moro é um "Zé ninguém". Trata-se de uma vergonha internacional.

Sérgio Moro não tem competência para questionar ordem de um desembargador federal, deveria cumprir a ordem e, sabemos, o descumprimento a ordem judicial tem como consequência a prisão de quem não a cumpre.

É notório em nosso país, nem sempre as ordem judiciais são cumpridas pelas partes litigantes, o que causa desprestígio ao Poder Judiciário e faz rondar nos noticiários, inclusive internacionais, o fantasma da impunidade, mas Moro mais uma vez amplia o desprestigio do Poder Judiciário ao recursar-se a cumprir ordem de um Poder que compõe.

Moro com esse manejo leviano do processo, apoiado pela mídia canalha, está desobedecer a ordem judicial e isso é crime, um crime comum, tipificado no artigo 330 do Código Penal.

Por isso #PelaPrisaodeMoro.

Brasil 247

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]