Sérgio Moro foi convocado pelo CNJ, mesmo que não dê em nada já é uma derrota da Lava Jato



 20/07/2018

Engana-se quem considera a Lava Jato uma operação policial, judicial e do Ministério Público, se trata de uma operação política e como tal, deve ser analisada por esse viés. Quando o desembargador Rogério Favreto deixou a casca de banana para derrubar Moro e a patota do TRF-4, não só pôs seu emprego em risco, como não ligou a mínima em nome do país, para construir o momento de maior exposição que o judiciário brasileiro já viveu.

O estrago na imagem foi tão grande que o Dr Bumbum do judiciário (termo cunhado pelo pesquisador Carlos Henrique Machado) e vedete dos enxertos de silicone industrial na bunda do TRF-4, Sérgio Moro, acabou sendo intimado, pela primeira vez, a prestar esclarecimentos ao CNJ. Ora, desde o início da Lava Jato, Moro foi denunciado inúmeras vezes e nem sequer foi julgado pelas inúmeras irregularidades cometidas e diversos casos de abusos de poder, perseguição e violações processuais.

De invicta e sem tomar gols, a Lava Jato arrastou o super juiz e o desembargador poste, Gebran Neto. Ou seja, levou dois gols contra um, já que Favreto também foi convocado. Não foi uma goleada mas, perdeu a primeira no mesmo jogo jogado por Moro e os nazistas do TRF-4. Perderam em casa.

Portanto, se a dupla da Lava Jato for condenada, o que é altamente improvável, já que o CNJ é uma “marmelada”, será a derrocada final do nazismo curitibano. Porém, se der o previsto e o CNJ falar apenas assim com o juiz mimado: “Ai ai ai, Moro, não pode fazer isso não, CNJ põe de castigo…”. O resultado já terá desgraçado politicamente a turma, o que culminará com a vitória da esquerda nas eleições.

Engana-se quem pensa que Lula liga para sair da cadeia agora, ele quer é vencer politicamente e só as eleições mostrarão o resultado dessa peleja. Enquanto a zaga do golpe marca Lula e a bola, a pessoa que será indicada pelo ex-presidente preso político corre por fora e deve chegar de surpresa na cara do gol.



0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]