Ciro Gomes se levanta contra aumento de juízes pelo STF


REUTERS/Sergio Moraes | Fellipe Sampaio/SCO/STF

Candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes critica decisão dos ministros desta quarta-feira; "Numa hora dessas, o aumento de 16% nos salários dos Ministros do Supremo Tribunal Federal, aprovado por eles mesmos, em causa própria, é um desrespeito aos 13 milhões de desempregados do Brasil. É por isso que o povo brasileiro, com muita razão, quer acabar com os privilégios dos poderosos", postou no Twitter

9 DE AGOSTO DE 2018

Candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes criticou em sua conta no Twitter a decisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal desta quarta-feira 8, que reajustou em 16% os salários dos magistrados. O aumento provocou a reação de diversos políticos, diante da crise que o Brasil pós-golpe enfrenta.

"Numa hora dessas, o aumento de 16% nos salários dos Ministros do Supremo Tribunal Federal, aprovado por eles mesmos, em causa própria, é um desrespeito aos 13 milhões de desempregados do Brasil, aos 32 milhões de brasileiros que estão obrigados a viver de bico, sem salário certo e aos 63 milhões de pessoas que estão com o nome sujo por causa da crise econômica", postou Ciro Gomes no Twitter.

"É por isso que o povo brasileiro, com muita razão, quer acabar com os privilégios dos poderosos", completou o presidenciável.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]