Da série: Vale tudo da Lava Jato, no de Lula é refresco

A Postagem


Por Carlos Henrique | 20/08/2018

A Postagem Blogs – Blog do Carlos Henrique: Que coincidência o Brasil, depois de assistir àquela saraivada de ligações para a PF desobedecer o desembargador e não soltar Lula. Ligações vindas de Moro, Dodge, Thompson e Gebran, aplaudidas com entusiasmo pelo procurador Carlos Fernando (boquinha) e vê-lo agora usando o Facebook naquele velho e bom corporativismo para defender Dallagnol. Agora, ele acha absurdo não ter um documento para a corregedoria do MPF abrir inquérito contra Dallagnol. Contra Lula vale tudo, inclusive a falta da lei. Mas aos amigos, sabe como é né…

Seguem os dois comentários de Carlos Fernando no Facebook sobre a pendenga do STF contra Dallagnol por ter feito ataques baixos contra ministros do supremo:

“O corregedor do CNMP recebe uma mensagem de celular de um ministro e abre um procedimento contra Deltan!?!”

O ministro nem sequer se digna a fazer uma representação oficial e o corregedor em oito páginas imediatamente escritas instaura procedimento em uma equivocada confusão que faz do respeito à dignidade da Justiça com a crítica válida e justa sobre decisões de uma minoria de ministros.

A Justiça, senhor corregedor, não se confunde com as decisões desses ministros, mas, ao contrário, exige que se levantem os absurdos que eventualmente as cercam. Venho de uma família de promotores de justiça e não aprendi de outra forma.

Temos que por fim ao abuso de poder correicional para impedir a livre crítica que todas as decisões judiciais devem ter. Assim é a democracia.

Espanta-me que o Ministério Público queira amordaçar o Ministério Público – Mais uma demonstração do falso garantismo de certas autoridades. Como o STF se acha titular do direito de investigar um Procurador da República? Se estão melindrados pelas justas críticas que receberam, representem à autoridade competente. Só não podem fazer o que a Constituição não lhes defere. Os ministros não são supremos. Só a Constituição é que é. Mais uma barriga da colunista social (da Folha), que ouve e pública sem critério”

Vejam só como são as coisas. O procurador da Lava Jato aqui fazendo a defesa da lei. Lei negada a Lula pela Lava Jato. Ver Carlos Fernando (boquinha) Chamando o STF de falso garantista em defesa de Dallagnol, o mesmo que fez jejum e oração para o STF atropelar a constituição para manter Lula preso, não tem preço. Pior, o boquirroto do MPF agora critica a Folha que foi tão amiguinha e aliada de todas as ilegalidade dos lavajatinos. O hipócrita está vendo o chão da República de Curitiba tremer.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]