Raquel Dodge, a governanta da casa grande e padroeira dos corruptos

Foto: A Postagem

19/08/2018 | Por: Carlos Henrique

A Postagem Blogs – Blog do Carlos Henrique: Certamente, a PGR foi a melhor aquisição de Temer, pra Temer. Como moeda de troca, ninguém livrou mais a cara de Temer e seus comparsas do que Raquel Dodge. São incontáveis, e num tempo recorde, os aliados de Temer de quem Dodge livrou a cara. Jucá, Alckmin, Aécio, Serra, apenas para citar alguns mais proeminentes corruptos da república golpista.

Ou os inquéritos contra eles prescrevem na gaveta da PGR ou Dodge pede arquivamento.

Não falha. Dodge é da safra de “autoridades” que têm um discurso duro contra petistas, mas coração mole, quase de manteiga na hora de conduzir inquéritos de corrupção contra os aliados.

Sim, aliados de Temer, o corruptaço do jaburu, têm salvo conduto automático com a padroeira dos corruptos.

 “Lamentavelmente, a instrução da investigação foi muito lenta e redundou na perda de interesse estatal na promoção da denúncia”, escreveu a procuradora-geral ao pedir para encerrar um inquérito sobre o deputado tucano Marco Tebaldi.

É do time da casa… Da Casa Grande, aonde que Dodge é a nova governanta.

Segue outra pérola da PGR sobre o inquérito de um membro do PTB de Roberto Jefferson, aliado de sempre de Temer.

“Por economia processual, promove-se o arquivamento desta investigação […] com fundamento em prescrição da pretensão punitiva estatal”, escreveu Dodge em outro inquérito, sobre o deputado Zeca Cavalcanti (PTB-PE), suspeito de dar outro destino a R$ 16.454 que deveriam ir para merenda escolar, quando prefeito de Arcoverde (PE).

Eu poderia ficar aqui dias e dias citando a benevolência com os corruptos aliados de Temer promovido pela super dama de ferro contra Lula.

Mas o que está aqui, acho que já sabemos de quem se trata.

A Postagem

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]