E agora, Sérgio Moro? Mesmo preso, Lula já é o grande vencedor desta eleição


Dir.: em cima (Fabio Pozzebom - ABR) / embaixo (Stuckert)

De acordo com o jornalista, "quaisquer que sejam os resultados finais, uma coisa já é certa: sem ser candidato, o grande vencedor desta eleição será Luiz Inácio Lula da Silva, o líder preso". "E agora, Moro, para que serviu todo o empenho da Lava Jato na sua cruzada para destruir o PT?", questiona


26 DE SETEMBRO DE 2018

"A maior prova de que a batalha eleitoral está sendo vencida pelo PT, como mostrou o novo Ibope, é o desespero dos adversários nas redes sociais e o constrangimento dos comentaristas globais, que já se dão por derrotados e preferem falar de Alckmin e Amoedo para mudar de assunto", escreve o jornalista Ricardo Kotscho.

"Foi fulminante: em apenas duas semanas, Lula levou seu candidato Fenando Haddad de 4% para 22% no Ibope, na bica para ir ao segundo turno e derrotar Jair Bolsonaro, em defesa da democracia. E não é só isso que prova a força eleitoral de Lula, mesmo condenado e preso há mais de cinco meses numa solitária em Curitiba. Estava também na manchete do UOL na manhã desta terça-feira: 'Governadores do Nordeste fiéis a Lula disparam e podem vencer no 1º turno'", ressalta.

De acordo com o jornalista, "quaisquer que sejam os resultados finais, uma coisa já é certa: sem ser candidato, o grande vencedor desta eleição será Luiz Inácio Lula da Silva, o líder preso". "Só o susto que ele está dando nos golpistas, que se uniram nos três poderes, no empresariado, no mercado financeiro e na velha mídia, para tirá-lo do jogo, já está valendo a pena. E agora, Moro, para que serviu todo o empenho da Lava Jato na sua cruzada para destruir o PT? Pois é, meus caros e caras, quem diria, Lula não morreu. Está mais vivo do que nunca, caminhando para o penta".

Leia a íntegra no Balaio do Kotscho

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]