Empresa prevê R$ 200 milhões para produzir combustível no CIPP em São Gonçalo do Amarante



As sócias DG Power e a suíça Mercuria Energy Trading negociam com o Governo do Estado uma área para a indústria


19/09/2018 - O Ceará está mais perto de produzir gasolina e óleo diesel. Com um investimento previsto de R$ 200 milhões na primeira fase de uma formuladora de combustíveis, as sócias DG Power e a suíça Mercuria Energy Trading pretendem instalar na região do Porto do Pecém uma indústria deste segmento. As obras devem ser iniciadas no início de 2019 e devem durar cerca de 18 meses. De acordo com o sócio-investidor Alexandre Gama, os recursos já estão garantidos, porém há trâmites com o governo do Estado em liberar uma retroárea do Porto para o empreendimento.

"Obviamente o investimento está atrelado à uma obtenção de uma retroárea no Porto do Pecém, próxima do píer de atracação. O investimento está dependendo da obtenção disso. A gente quer fazer esse investimento, mas a nossa trava está na indefinição da área pelo governo", explicou.

Segundo Gama, as discussões já duram dois anos. "Estamos com recursos alocados. Eu acredito muito no Estado. É um investimento grande e nós precisamos de 70 mil metros quadrados (m²) da retroárea. O Estado tem a intenção de desenvolver o Porto, e o nosso projeto é importante. Já existe uma sinalização do governador Camilo Santana e hoje nós estamos na dependência dessa área".


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]