Haddad desmonta as armadilhas de Willian Bonner e Renata Vasconcelos no Jornal Nacional



14 de setembro de 2018 | Por Esmael Morais 

Em entrevista ao Jornal Nacional na noite desta sexta (14), Fernando Haddad conseguiu desarmar uma série de armadilhas e pegadinhas de Willian Bonner e Renata Vasconcellos.


O candidato à presidência pelo PT começou calmo e firme, apesar das interrupções de Renata e Bonner.

Ele lembrou que milhões de Brasileiros gostariam de ver o presidente Lula em seu lugar na campanha e no Jornal Nacional.

Em mais de 18 minutos da entrevista, o assunto foi somente corrupção, com insinuações e juízos de valor contra o PT e o próprio Haddad.

O restante do tempo foi gasto pelos jornalistas na tentativa de desgastar Haddad pelos feitos no seu mandato como prefeito de São Paulo. Mas Haddad, com paciência e firmeza, conseguiu desmontar as armadilhas e responder as questões muito bem, mesmo quando os entrevistadores tentavam interromper.

Bonner tentou incluir Dilma Rousseff no redemoinho da corrupção. O candidato do PT lembrou que ela não foi condenada e não é ré em nenhum processo. Bonner insistiu que ela “é investigada”.

Haddad devolveu afirmando que a Rede Globo também é investigada por problemas fiscais, e completou dizendo que a emissora “condena por antecipação”

Descontente em não obter as respostas que queria, Bonner ainda tentou ocupar o lugar de entrevistado e tentou responder as próprias questões do seu jeito.

Enfim, Haddad sai fortalecido da entrevista, para o desespero da velha mídia.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]