Se a eleição fosse hoje, Fernando Haddad seria presidente

Editora 247
Com seis pontos de vantagem sobre Jair Bolsonaro no segundo turno, o candidato Fernando Haddad seria eleito presidente da República se as eleições fossem hoje; é o que mostra a pesquisa Ibope divulgada na noite desta segunda-feira, 24; Haddad venceria o candidato da extrema-direita, Jair Bolsonaro (PSL) por 43% a 37%

24 DE SETEMBRO DE 2018

Se as eleições presidenciais fossem hoje, o candidato do PT, Fernando Haddad estaria eleito. É o que mostra a pesquisa Ibope divulgada na noite desta segunda-feira, 24. Haddad venceria o candidato da extrema-direita, Jair Bolsoanro (PSL) por seis pontos de vantagem, por 43% a 37%.

Leia também reportagem da Reuters sobre o assunto:

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, segue na liderança da corrida presidencial deste ano, estacionado nos 28 por cento das intenções de voto, de acordo com pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira, que também apontou o candidato do PT, Fernando Haddad, na vice-liderança com 22 por cento.

A pesquisa anterior do instituto, divulgada no dia 18, havia mostrado Bolsonaro com os mesmos 28 por cento das intenções de voto, enquanto Haddad tinha 19 por cento.

O Ibope apontou Ciro Gomes com 11 por cento, ante também 11 por cento na sondagem anterior, Geraldo Alckmin (PSDB) aparece com 8 por cento, ante 7 por cento, e Marina Silva (Rede) com 5 por cento, ante 6 por cento há uma semana.

O Ibope ouviu 2.506 pessoas entre os dias 22 e 23 de setembro. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]