Ciro Gomes chega ao Brasil e diz não a Bolsonaro


Reprodução

Sem falar com a imprensa, Ciro reservou apenas um grito de "Ele não" antes de sair do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, numa referência a Jair Bolsonaro, candidato da extrema direita. Ciro, no entanto, ainda não fez uma declaração de apoio mais enfática a Fernando Haddad, que representa o campo democrático

27 DE OUTUBRO DE 2018

Ciro Gomes, que disputou a presidência da República pelo PDT, já voltou ao Brasil e deixou claro que repudia Jair Bolsonaro. Sem falar com a imprensa, Ciro reservou apenas um grito de "Ele não" antes de sair do Aeroporto Internacional Pinto Martins, numa referência a Bolsonaro, o candidato da extrema direita. Ciro, no entanto, ainda não fez uma declaração de apoio mais enfática a Fernando Haddad, que representa o campo democrático.

Durante a semana, Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, chegou a afirmar que Ciro iria gravar um vídeo em apoio a Haddad. "Agora nós (do PDT) queremos guardar o direito de não precisar fazer campanha, porque o PT nos machucou muito neste processo eleitoral", disse ele ao jornal O Povo.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]