Ibope soma 101% e “ERRO” gera desconfiança sobre a pesquisa



06/10/2018

O mesmo “ocorrido” em 2014, quando a pesquisa pôs Aécio Neves muitos pontos a frente de Dilma Rousseff no início do segundo turno, ocorreu novamente este ano, na última pesquisa do Ibope do dia primeiro se outubro, justamente a que causou forte desconfiança do eleitorado. Com forte elevação de Bolsonaro após manifestações contrárias à sua posição fascista, a pesquisa alterou sua metodologia (filtro) e acabou favorecendo o candidato do PSL. Para completar, a pesquisa somou 101%, o que é matematicamente impossível, já que cada pessoa vota apenas uma vez, portanto, o número máximo é 100%.

Haddad (42%) +Bolsonaro (42%) + Brancos e Nulos (14%) + Não Sabe (3%) = 101%

A pesquisa do Ibope, divulgada na segunda-feira (1), informa que ouviu 3.010 eleitores entre sábado (29) e domingo (30). A margem de erro é de 2% para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no TSE sob o nº BR- 08650/2018.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]