Morre a transexual esfaqueada por um apoiador de Bolsonaro no centro de Aracaju


Reprodução

A transexual identificada como Laysa Fortuna, de 25 anos, esfaqueada na região do tórax, no Centro de Aracaju (SE), morreu no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), onde estava internada; o corpo já seguiu para o IML


19 DE OUTUBRO DE 2018

A transexual identificada como Laysa Fortuna, de 25 anos, esfaqueada na noite desta quinta-feira (18) na região do tórax, no Centro de Aracaju (SE), morreu na tarde desta sexta-feira (19) no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), onde estava internada. O corpo já seguiu para o Instituto Médico Legal (IML).

Laysa Fortuna teria sido atacada por um apoiador do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), segundo informações de Linda Brasil, amiga da jovem e que a socorreu após o ataque.

O homem foi preso e encaminhado à 4ª Delegacia Metropolitana, no Conjunto Augusto Franco, zona Sul da capital. Ele assinou Termo Circunstanciado e foi liberado pelo entendimento do delegado plantonista que entendeu lesão corporal leve. As informações são do Fan F1 (SE).

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o caso foi remetido para a Delegacia de Grupos Vulneráveis (DAGV) e a delegada Meire Manuset pediu a prisão do acusado, desta vez por tentativa de homicídio.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]