Rosa Weber se acovarda diante da ameaça de Eduardo Bolsonaro fechar o STF


Nelson Jr./SCO/STF

Primeira ministra do STF a comentar a ameaça feita por Eduardo Bolsonaro, que disse que bastam "um soldado e um cabo" para fechar a corte, Rosa Weber reagiu de forma tímida e acovardada. "O video foi desautorizado pelo candidato. No Brasil as instituições estão funcionando normalmente. E juiz algum que honra a toga se deixa abalar por qualquer manifestação que pode ser compreendida como inadequada", disse ela. Em coletiva sobre as eleições, ela também não anunciou nenhuma medida concreta sobre o bolsolão – esquema de caixa dois usado para disparar fake news por whatsapp contra Fernando Haddad


21 DE OUTUBRO DE 2018

Primeira ministra do STF a comentar a ameaça feita por Eduardo Bolsonaro, que disse que bastam "um soldado e um cabo" para fechar a corte, Rosa Weber reagiu de forma tímida e acovardada. "O video foi desautorizado pelo candidato. No Brasil as instituições estão funcionando normalmente. E juiz algum que honra a toga se deixa abalar por qualquer manifestação que pode ser compreendida como inadequada", disse ela.

Eduardo Bolsonaro fez sua afirmação antes do primeiro turno, quando falou sobre a hipótese de a eleição vir a ser questionada em razão de alguma fraude eleitoral cometida pela chapa de seu pai, Jair Bolsonaro. "Será que eles vão ter essa força mesmo? Se quiser fechar o STF você não manda nem um Jipe, manda um soldado e um cabo", afirmou.

Em coletiva sobre as eleições, ela também não anunciou nenhuma medida concreta sobre o bolsolão – esquema de caixa dois usado para disparar fake news por whatsapp contra Fernando Haddad.


Confira, abaixo, o vídeo de Eduardo Bolsonaro:




2 comentários:

Rogerio Rahal disse...

Uma ministra visivelmente fraca

Rogerio Rahal disse...

Deus abençoe o Brasil!

[ Deixe-nos seu Comentário ]