Universitário é agredido com socos e golpes de fio por eleitores de Bolsonaro em Juazeiro do Norte – CE



Segundo a vítima, que usava um adesivo do candidato Fernando Haddad, os três agressores gritaram “Bolsonaro presidente”


24/10/2018

Um estudante da Universidade Regional do Cariri (Urca) foi agredido com socos, pontapés e golpes com fios por supostos apoiadores do candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL). O crime aconteceu na noite da terça-feira (23), em Juazeiro do Norte.

Mateus Lira de Souza, de 21 anos, registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia Regional de Juazeiro do Norte. Segundo o relato registrado na Polícia, quando ele andava na rua, após sair de sua residência, três homens que passavam em um carro começaram a xingá-lo de “comunista safado”.

Ele usava um adesivo de apoio ao candidato Fernando Haddad (PT) no momento em que foi abordado. Conforme o B.O., os homens teriam descido do carro e começado a agredir o rapaz com socos, pontapés e um objeto semelhante a fio ou corda.

De acordo com um estudante, as agressões pararam quando um senhor que passava em uma carroça pediu aos agressores que parassem. “Um senhor que passava conseguiu fazer com que as agressões parassem. Eles saíram gritando: ‘Quando Bolsonaro ganhar, vamos acabar com esses viado tudo'”, escreveu Lira no Facebook.

No Boletim de Ocorrência, há o registro também de que os agressores fugiram, gritando “Bolsonaro presidente”.

Lira sofreu escoriações nas costas, no joelho e nos braços. Na manhã desta quarta-feira (24), ele foi realizar exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal de Juazeiro do Norte.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]