Ex-presidente da Colômbia: eleição de Bolsonaro foi fraude eleitoral

Editora 247

O ex-presidente da Colômbia e ex-secretário geral da Unasul, Ernesto Samper, afirmou no final da tarde desta terça que a eleição de Jair Bolsonaro foi "a grande fraude que se cometeu contra a democracia e as eleições na América Latina"; em um tweet, ele afirmou que "o único que podia vencer era Lula". E completou: "Impedir uma pessoa de concorrer é uma fraude à democracia".

21 DE NOVEMBRO DE 2018 

O ex-presidente da Colômbia e ex-secretário geral da Unasul (União das Nações Sul-americanas), Ernesto Samper, afirmou no final da tarde desta terça (20) que a eleição de Jair Bolsonaro foi "a grande fraude que se cometeu contra a democracia e as eleições na América Latina". Em um tweet, ele afirmou que "o único que podia vencer era Lula". E completou: "Impedir uma pessoa de concorrer é uma fraude à democracia". 

No fim de agosto, Samper, que presidiu seu país de 1994 a 1998 e é hoje um respeitado líder latino-americano, visitou Lula em Curitiba e, ao sair do cárcere, conclamou a ONU a intervir, de maneira enfática: “Peço que a ONU envie uma comissão para verificar o cumprimento da liminar concedida a Lula. Ele está sendo perseguido judicialmente. É um preso político e deve ser liberado para voltar a lutar pela democracia e pela inclusão social”.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]