Sérgio Moro tem tudo para dar errado no governo Bolsonaro



30 de dezembro de 2018 por Esmael Morais

A migração do ex-juiz Sérgio Moro para a política poderá ser traduzida em fracasso absoluto em poucos meses. Explica-se abaixo.

O ex-titular da lava jato utilizou a força-tarefa como trampolim para chegar ao poder. Moro assumirá no dia 1° de janeiro o Ministério da Justiça.

O ex-juiz terá à disposição o Coaf e a PF para materializar o estado policial prometido pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Pelas características parciais das acusações e condenações de Moro, que outrora grampeou ilegalmente até Lula e Dilma, a tendência é o futuro ministro reproduzir as perseguições a adversários em escala industrial.

A pergunta cuja resposta vale R$ 1,2 milhão é: até quando setores importantes da sociedade continuarão a aplaudir as violações da Constituição promovidas por Moro?

Outra pergunta que não quer calar é: quanto tempo vai durar o governo Bolsonaro? Há quem aposte apenas 1 ano, como este site, caso o Bozo insista numa retrógrada pauta liberal.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]