Suspeito de atear fogo em ônibus no município de Pacatuba é preso cortando o cabelo pouco tempo após o crime



"Cocão" foi autuado por roubo duplamente qualificado, crime de incêndio e organização criminosa


25/01/2019

O ônibus incendiado teve perda total. (Foto: Alex Gomes / Especial para O POVO)
Suspeito de atear fogo em ônibus da empresa Viametro, na tarde desta sexta-feira, 25, no município de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foi preso enquanto cortava o cabelo em uma barbearia próximo ao local do crime.

Anderson Monteiro Bernardino, mais conhecido como "Cocão" ou "CK", foi capturado após ação rápida da Polícia, pouco tempo após a ocorrência. Os agentes de segurança realizam diligências para prender outros dois suspeitos de envolvimento no crime.

"Cocão" foi autuado por roubo duplamente qualificado, crime de incêndio e organização criminosa. Ele já respondia por tráfico de drogas.

De acordo com Paulo André Cavalcante, titular da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, os homens pararam o veículo, que estava na avenida 26, no bairro Jereissati 2, e atearam fogo. Antes, eles roubaram os passageiros que estavam na condução.

O ônibus teve perda total. O delegado informou que ordem do ataque partiu de dentro de um presídio do Estado, vinda de um integrante de facção criminosa. O nome não foi revelado para não atrapalhar as investigações.



0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]