REINALDO AZEVEDO: Eleição de Alcolumbre foi 'vitória de pirro' para bolsonaristas


O jornalista Reinaldo Azevedo observa que a eleição de Davi Alcolumbre para presidir o Senado não passou de uma 'vitória de Pirro, onde o custo da vitória é maior que o da derrota; "Para quem ainda não entendeu: o governo terá menos trânsito no Senado do que teria com Renan no comando" e que agora "a reforma no Senado ficou mais difícil e mais cara. Se o generalato que pensa e se Guedes estão preocupados, se o PT comemora e se Onyx experimenta uma vitória puramente pessoal, já que tomou uma tunda na Câmara e quis compensar, bem, não dá para dizer que o governo ganhou", afirma

3 DE FEVEREIRO DE 2019

O jornalista Reinaldo Azevedo observa que "deve haver alguma razão bastante forte para que, neste momento, os militares do governo — o generalato da reserva — e Paulo Guedes não estejam nem um pouco felizes com o que aconteceu no Senado". Alcolumbre teve apenas metade dos votos do Senado — vá lá, um pouco mais. Nos 42, já afirmei, estão cinco da Rede, por exemplo, um partido de oposição, e 8 do PSDB. Só sabemos disso porque a decisão do Supremo foi ignorada. Alguns dos que anunciaram seu voto no vencedor precário e golpista até ontem estavam menos dando satisfação a Onyx — e os havia — do que a patrulheiros das redes sociais", destaca Reinaldo em seu blog no site da RedeTV.

"Para quem ainda não entendeu: o governo terá menos trânsito no Senado do que teria com Renan no comando. Quem realmente torcia para que o governo Bolsonaro se desse mal, vamos ser claros, torcia pela derrota do senador peemedebista. Quer dizer que vai dar errado? Não necessariamente. Mas quer dizer que tudo vai ficar mais difícil. O mundo não é plano, como supõem os tontos. E a Terra não é um disco". Não por acaso, lá com seus botões, que generais e Guedes torcessem por Renan", observa o jornalista.

"A reforma no Senado ficou mais difícil e mais cara. Se o generalato que pensa e se Guedes estão preocupados, se o PT comemora e se Onyx experimenta uma vitória puramente pessoal, já que tomou uma tunda na Câmara e quis compensar, bem, não dá para dizer que o governo ganhou", complementa.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]