Sérgio Moro abre crise na justiça ao se render as milícias Bolsonaristas


Marcelo Camargo/Agência Brasil

Renato Sérgio de Lima, diretor-presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e membro do Conselho Nacional de Segurança Pública e Defesa Social, decidiu pedir exoneração do cargo que ocupa em solidariedade com a Ilona Szabó, que teve a sua nomeação revogado por Moro após pressão de bolsonaristas

28 DE FEVEREIRO DE 2019

A decisão de Sergio Moro de recuar na nomeação de Ilona Szabó para o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, provou outra baixa no conselho. Renato Sérgio de Lima, diretor-presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e membro do Conselho Nacional de Segurança Pública e Defesa Social, decidiu pedir exoneração do cargo que ocupa em solidariedade com a colega.

De acordo com nota publicado pelo BR18, Renato classificou como "constrangedora" a revogação da nomeação de Ilona. "Escrevo para, em caráter irrevogável e em solidariedade à cientista política Ilona Szabó de Carvalho, que foi colocada em uma situação constrangedora no episódio da nomeação e posterior revogação da mesma para uma vaga no CNPCP, fruto da pressão de grupos nas redes sociais, pedir pública e respeitosamente minha exoneração da vaga que ocupo no Conselho Nacional de Segurança Pública e Defesa Social", afirmou Renato.


1 comentários:

Edel disse...

Ninguém entende esse governo de maluco

[ Deixe-nos seu Comentário ]