Mais uma derrota de Sergio Moro, COAF fica com o Ministério da Economia


Lula Marques/Agência PT

O texto-base da MP 870, que reduz o número de ministérios de 29 para 22, foi aprovado pelo Senado Federal por 70 votos favoráveis; o documento devolveu o Coaf para Ministério da Economia, caracterizando mais uma derrota de Sergio Moro; a 'dança' do Coaf promoveu o maior desgaste político do governo até aqui, com uma profusão de traições, recuos, incertezas, desculpas e justificativas vazias

28 DE MAIO DE 2019

O texto-base da MP 870, que reduz o número de ministérios de 29 para 22, foi aprovado pelo Senado Federal por 70 votos favoráveis. O documento devolveu o Coaf para Ministério da Economia, caraterizando mais uma derrota de Sergio Moro. A 'dança' do Coaf promoveu o maior desgaste político do governo até aqui, com uma profusão de traições, recuos, incertezas, desculpas e justificativas vazias.

Senadores pró Moro ainda tentaram tumultuar a sessão e deixar o destino do Coaf com o ex-juiz, mas o presidente do Senado, David Alcolumbre, acelerou a votação, nomeando senador por senador até encerrar a votação.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]