Folha de S. Paulo faz parceria com The Intercept e trará matérias já neste domingo (23) comprovando autenticidade dos diálogos entre Moro e Dallagnol



Nesta quinta-feira (20), Greenwald divulgou em seu Twitter que o site está trabalhando em parceria com outros jornais e revistas no arquivo da Vaza Jato

Por Renato Rovai | 22/06/2019

A revista Fórum apurou que o site The Intercept fechou uma parceria para publicar em parceria com a Folha de S.Paulo reportagens com materiais que estão sendo analisados na Vaza Jato.

Segundo informações obtidas pela Fórum, as primeiras reportagens desta parceria devem ser divulgadas na edição deste domingo (23) do jornal, com o objetivo de comprovar a autenticidade das mensagens trocadas entre procuradores da Lava Jato e o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, além dos áudios e vídeos que estão em poder da equipe de Glenn Greenwald e, agora, da Folha de S.Paulo.

Nesta quinta-feira (20), Greenwald divulgou em seu Twitter que o site está trabalhando em parceria com outros jornais e revistas no arquivo da Vaza Jato.

“Já estamos trabalhando com outros jornais/revistas no arquivo. Significa: 1) mais revelações serão reportados mais rapidamente; 2) ninguém pode alegar que a reportagem tem um viés ideológico; 3) quem quiser prender os que divulgar este material terá que prender muitos jornalistas”, tuitou.

Já estamos trabalhando com outros jornais/revistas no arquivo. Significa: 1) mais revelações serão reportados mais rapidamente; 2) ninguém pode alegar que a reportagem tem um viés ideológico; 3) quem quiser prender os que divulgar este material terá que prender muitos jornalistas

Neste sábado (22), Reinaldo Azevedo, que divulgou as últimas informações, voltou às redes sociais para rebater o procurador Deltan Dallagnol e disse que – seguindo as orientações do chefe da Lava Jato, Deltan Dallagnol, para consultar os “autos do processo” -, descobriu que Laura Tessler foi afastada 48 horas depois da ordem do então juiz, Sergio Moro.

“Eu fui aos autos, como sugeriu Deltan Dallagnol que eu fosse, e descobri, Deltan, que a moça foi afastada 48 horas depois da reclamação feita pelo então juiz, evidenciando que quem mandava na força tarefa – ou manda ainda – de fato era, e talvez seja, Sergio Moro”, diz o jornalista.

Revelações feitas pelo jornalista nesta quinta-feira (20), em parceria com o The Intercept, revelam que a procuradora Laura Tessler foi afastada da segunda audiência com o ex-presidente Lula, no caso Triplex, a mando de Moro.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]