Sob pressão, Moro depõe hoje no senado acusado de fraudar o processo eleitoral de 2018, ao forjar uma acusação contra o ex-presidente Lula



Acusado de fraudar o processo eleitoral de 2018, ao forjar uma acusação contra o ex-presidente Lula, o ministro Sergio Moro depõe agora no Senado e se diz vítima de 'sensacionalismo' por causa da série de reportagens divulgadas pelo site Intercept Brasil em que ele interfere no trabalho de procuradores no âmbito da Lava Jato; assista ao vídeo

19 de junho de 2019

Acusado de fraudar o processo eleitoral de 2018, ao forjar uma acusação contra o ex-presidente Lula, o ministro da Justiça Sergio Moro depõe agora no Senado e se diz vítima de 'sensacionalismo' por causa da série de reportagens divulgadas pelo site Intercept Brasil em que ele interfere no trabalho de procuradores no âmbito da Lava Jato.

O ministro fala em "grupo criminoso" que acessou a troca de mensagens dele com procuradores.

"Não tenho nenhum receio sobre o que tem dentro do aparelho. O grupo criminoso tem método de clonar aparelhos", disse.

Moro também afirmou que a Polícia Federal realiza investigações com "autonomia". A corporação é subordinada ao Ministério da Justiça.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]