Caravana CSP leva diversão, informação e prestação de serviços a São Gonçalo do Amarante



“A CSP não produz apenas aço, ela vem contribuindo para transformar vidas”. O depoimento é de Cristiane Bezerra, empreendedora que participou da Caravana CSP no último sábado, 13 de julho, e resume bem o propósito do evento realizado pela Companhia Siderúrgica do Pecém em parceria com a TV Diário: de fortalecer cada vez mais o relacionamento da empresa com as comunidades e contribuir para o desenvolvimento regional.

Em sua terceira edição, a Caravana CSP levou centenas de pessoas à Praça da Juventude, equipamento construído pela CSP em parceria com a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, e proporcionou mais uma manhã com serviços gratuitos na área de saúde e cidadania, oficinas de gastronomia e muita diversão para a criançada. “Aproveitei a oportunidade e trouxe minha filha, Maria Angelina, de 10 anos, para tirar seu documento de identidade. Estou adorando este evento, uma grande chance da comunidade se integrar com a empresa”, comenta Luiza dos Santos, dona de casa e moradora do Pecém.

Durante a programação da Caravana CSP, talentos locais também se apresentaram no palco, a exemplo dos integrantes da banda de pop rock Dunarey, composta por moradores de São Gonçalo do Amarante e Pacajus e comandada por Carlos Eliezer, operador de ponte rolante do Pátio de Placas da CSP. O evento também contou com DJ e aulão de zumba conduzido pelo dançarino Netinho. O apresentador da TV Diário, Silvino Neves, comandou a festa durante toda a manhã do sábado.

Para o presidente da CSP, Cláudio Bastos, ações como a Caravana CSP servem para fortalecer essa integração entre empresa e comunidade. “Sustentabilidade passa necessariamente na incorporação das comunidades que estão ao nosso redor. Isto tem que ser de forma sincera, de forma que a gente consiga fazer com que todos cresçam juntos, empresa e comunidade. Temos que, juntos, contribuir para transformar a vida das pessoas”, afirmou Cláudio Bastos.

CSP Presente

A edição deste ano da Caravana CSP trouxe como diferencial a participação e atuação dos empregados e dos participantes dos programas sociais da empresa como protagonistas da festa.

Foram os empregados do programa Embaixadores do Diálogo, moradores da região, que conduziram a visita ao Espaço CSP: estande que apresentava a empresa e explicava como é o processo produtivo de uma siderúrgica como a CSP, que produz e exporta aço para mais de 20 países. Já o outro grupo de empregados, que integram o programa Voluntários da Alegria, conduziu as ações com a garotada, resgatando brincadeiras tradicionais e realizando uma oficina de brinquedos recicláveis. 

O operador do Pátio de Matérias-Primas da CSP, Frutuoso Rocha Júnior, faz parte dos Voluntários da Alegria. “Vou fazer quatro anos na CSP e esta é a terceira vez que eu participo da Caravana. Quando apareceu a oportunidade de participar desta ação de voluntariado, eu quis entrar para me tornar um ser humano melhor e ajudar as pessoas que tanto precisam da nossa atenção. Ver o sorriso dessas crianças não tem preço”, disse o empregado.

Desenvolvimento da região

Em outra tenda, estavam a turma que participou do Território Empreendedor da CSP em uma feirinha foi montada com os empreendedores locais, que venderam seus produtos e apresentaram seus serviços aos presentes da Caravana CSP. Criado em 2014, o programa trabalha o desenvolvimento regional por meio do incentivo à vocação da região ao empreendedorismo e desde 2016 tem como parceiro o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o apoio Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante.

Infraestrutura

A edição deste ano da Caravana CSP foi na Praça da Juventude, que faz parte do Programa de Infraestrutura Social, desenvolvido pela CSP, em parceria com a prefeitura de São Gonçalo do Amarante. O morador do Pecém, Tiago Mendes, é frequentador assíduo do equipamento. “Vim na Caravana para verificar como estava minha saúde. Fiz testes de glicemia, aferi minha pressão e, graças a Deus, minha saúde está em dia. Frequento bastante a praça. Jogo vôlei de praia todos os dias, inclusive já ganhei um torneio e fui campeão na minha categoria”, pontuou.

Mariana Pontes

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]