Empresário bolsonarista, amigo de Luciano Hang, é investigado por falsificar carros de luxo



Mais um moralista sem moral que tomba

Publicado por Joaquim de Carvalho -  21 de julho de 2019

​Na última segunda-feira, 15 de julho, o G1, portal da Globo, divulgou a notícia da descoberta de uma fábrica de carros de luxo falsificados em Itajaí, Santa Catarina.

A reportagem, estranhamente, não divulgou os nome dos proprietários. Informa apenas que eram pai e filho e seriam indiciados por crime contra propriedade industrial.

Eles são Nílton e Alan Goes, personagens destacados da sociedade catarinense. Em outubro do ano passado, Nílton gravou um vídeo em apoio à candidatura de Jair Bolsonaro.

“Eu venho aqui para dizer por que devemos votar no Bolsonaro. Eu quero um país limpo, livre e sem corrupção”, disse ele, com a camiseta do candidato do PSL.

Depois, ele entrevista seus funcionários da empresa, todos com a camiseta de Jair Bolsonaro, inclusive um senhor humilde, que se chama seu Antônio e é instado a falar sobre por que votaria em Bolsonaro.

“Seu Antônio do Nordeste…”, diz ele, olhando para a câmera. “Por que, seu Antônio?”

Seu Antônio, um senhor grisalho, magro, de boné, explica:

“Votem no Bolsonaro porque Bolsonaro vai ser um bom presidente. Não votem no Haddad porque o Haddad não presta, porque não foi um bom prefeito em São Paulo”.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]