Sérgio Moro deixa a Câmara sob escolta e gritos de “ladrão”e “fujão”




02/07/2019

A sessão da CCJ que contava com a presença do ministro Sérgio Moro para esclarecer as conversas vazadas entre ele e procuradores da Lava Jato terminou em confusão. A gritaria, que quase chegou às vias de fato, começou após fala do deputado Glauber Braga (PSOL-RJ), que chamou o ex-juiz de “corrupto” e “ladrão”. Na sequência, puxados pelo deputado Éder Mauro (PSD-PA), os governistas foram para cima do psolista. A presidente da sessão, Marcivania Flexa (PCdoB-AP), optou por encerrar a sessão após Mauro e Bibo Nunes (PSL-RS) falarem que ela não tinha pulso para comandar a comissão. Moro deixou a sessão escoltado por seguranças.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]