Tese de confirmação pelo TRF4 não sobrevive depois de Hoje, afirma o jurista Lenio Streck



"O argumento da confirmação por parte das instâncias superiores não parece que vai sobreviver depois de hoje", afirma o jurista Lenio Streck, sobre a nova reportagem da Vaza Jato que revelou encontros fortuitos entre Deltan Dallagnol e o desembargador João Pedro Gebran, do TRF4

12 de julho de 2019

O jurista Lenio Streck, professor de Direito Constitucional, comentou por meio de sua página nas redes sociais sobre a nova reportagem da Vaza Jato que revela os encontros fortuitos entre Deltan Dallagnol, procurador da Lava Jato, e João Pedro Gebran, desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

"O argumento da adulteração de hacker já era derrotado pela lógica. O argumento da confirmação por parte das instâncias superiores não parece que vai sobreviver depois de hoje. O que restará?", indaga o jurista.


Segundo ele, as novas revelações derrubam o argumento de que a condenação de Lula por Sergio Moro não estaria contaminada por também ter sido validada por outras instância.


1 comentários:

Gilda disse...

Nem poderei comentar porque isso que vislumbramos é tão deprimente, cruel e desumano que só merece xingamentos e esse tipo de manifestação não descerei a faze-lo.
Jamais cogitei que agentes da lei se conduzissem tão baixo, tão rasteiro.

[ Deixe-nos seu Comentário ]