Bolsonaro enquadra Sérgio Moro e diz que pode vetar qualquer coisa que ele fizer


(Foto: ABr | Reprodução)

"Olha, [tem] carta branca, e eu tenho poder de veto em qualquer coisa, senão, eu não sou presidente. Todos os ministros têm essa ingerência minha e eu fui eleito para mudar. Ponto final", disse Bolsonaro, deixando claro que Sergio Moro não terá controle sobre instituições como a Polícia Federal

25 de agosto de 2019 

Jair Bolsonaro deixou claro, neste sábado, que o ex-juiz Sergio Moro é seu subordinado e não tem autoridade sobre sua pasta. "Olha, [tem] carta branca, e eu tenho poder de veto em qualquer coisa, senão, eu não sou presidente. Todos os ministros têm essa ingerência minha e eu fui eleito para mudar. Ponto final", afirmou Bolsonaro. 

Procurado, Moro disse em nota que "o compromisso com o presidente Jair Bolsonaro de enfrentamento à corrupção e ao crime organizado permanece igual ao assumido no 01/11/2018 sem qualquer alteração".

Bolsonaro, no entanto, vem humilhando Moro publicamente. Ele decidiu interveir na superintendência da Polícia Federal do Rio de Janeiro para blindar seu clã familiar em relação ao caso Queiroz. Segundo o jornalista Fabio Pannunzio, da Bandeirantes, Moro deixou de ser "o pitbull de Curitiba" para virar "o poodle de Brasília".


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]