Reinaldo Azevedo diz que Deltan Dallagnol deve ser preso e dividir cela com o hacker Walter Delgatti



O jornalista Reinaldo Azevedo escreve em sua coluna desta sexta-feira (2) na Folha de S.Paulo que o procurador Deltan Dallagnol tem de dividir cela com o hacker Walter Delgatti; Dallagnol pode ser afastado da Operação Lava Jato a qualquer momento pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ou pelo Supremo Tribunal Federal

2 de agosto de 2019

O jornalista Reinaldo Azevedo escreve em sua coluna desta sexta-feira (2) na Folha de S.Paulo que o procurador Deltan Dallagnol tem de dividir cela com o hacker Walter Delgatti; Dallagnol pode ser afastado da Operação Lava Jato a qualquer momento pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ou pelo Supremo Tribunal Federal.  

Azevedo opina que as revelaçoes do site The Intercept sobre o comportamento de Deltan Dallagnol e Sergio Moro demonstram que a "Lava Jato se transformou naquilo que estava destinada a ser desde o começo: aparelho policial de um Estado paralelo". 

"Deltan Dallagnol tem de dividir a cela com Walter Delgatti. Ambos são hackers - o segundo, em sentido estrito; o primeiro, em sentido derivado. Um recorre a seus conhecimentos técnicos para roubar dados de celulares; o outro se aproveita de sua condição para cometer abuso de autoridade e roubar institucionalidade", escreve o colunista.

 "Polícia Federal, Ministério Público e Justiça Federal, cada um por seu turno e, às vezes, em ações conjugadas, têm ignorado princípios básicos do Estado de Direito. Não é difícil evidenciar que prisões preventivas têm servido como antecipação de pena".

"Infelizmente, procuradores, policiais e juiz parecem não se contentar em fazer a parte que lhes cabe na ordem legal. Mostram-se imbuídos de um sentido missionário e doutrinador que vai muito além de suas sandálias" (...)  


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]