Primeira delação de Leo Pinheiro foi rejeitada pela ‘Farsa Jato’ para não atrapalhar o impeachment de Dilma


(Foto: Reprodução)

As revelações da Vaza Jato divulgadas pela Folha de S.Paulo/The Intercept Brasil neste sábado (21), que abordam a delação do empreiteiro Léo Pinheiro, confirmam as suspeitas levantadas pelo jornalista Luis Nassif sobre a rejeição da primeira delação de Pinheiro: poderia comprometer o movimento pelo impeachment

21 de setembro de 2019

GGN - A delação de Léo Pinheiro, revelada hoje pela Folha-The Intercept ainda não chegou no essencial: as razões que levaram a Lava Jato a recusar a primeira tentativa de delação do empresário, em 2016.

Pelos documentos relevados pela Folha, a delação atingia diretamente José Serra e seus operadores – Aloysio Nunes, Sérgio Freitas e Márcio Fortes -, confirmando as suspeitas sobre a rejeição da delação anterior: poderia comprometer o movimento pelo impeachment.

Leia na íntegra no GGN

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]