Bolsonaro avalia que Globo planeja a prisão de seu filho Flávio, envolvido no caso Queiroz


Esquema criminoso de Flavio Bolsonaro explica por que Deltan Dallagnol prevaricou
(Foto: REUTERS/Ricardo Moraes)

Na transmissão em que fez às 4h da madrugada de Riad, visivelmente transtornado, Jair Bolsonaro disse que a Globo planeja a prisão do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), envolvido no caso Queiroz e no esquema das rachadinhas da Alerj; o motivo da live foi a investigação que envolve o clã na morte de Marielle Franco

30 de outubro de 2019

Jair Bolsonaro avalia que a Globo planeja a prisão do seu filho Flávio Bolsonaro, que é senador pelo Rio de Janeiro. "Para ele, o objetivo da emissora de televisão é prender o seu filho e senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por suspeitas das práticas de lavagem de dinheiro, peculato e organização criminosa em seu gabinete parlamentar na época em que era deputado estadual", informa reportagem de Gustavo Uribe, publicada na Folha de S. Paulo

"Não vou conversar com vocês da TV Globo. Temos uma conversa em 2022. Eu tenho que estar morto até lá. O processo de renovação da concessão não vai ser perseguição", disse. "Mas tem de estar enxuto, legal. Não vai ter jeitinho para vocês, nem para ninguém, essa é a preocupação de vocês", afirmou em sua live, feita às 4h de Riad.

"Parem de trair o Brasil. Não estão traindo a mim, não. Estão traindo o Brasil", disse. "Não tem dinheiro público para vocês. Vão ficar me infernizando até quando?", questionou.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]