Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) promove Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho integrada com fornecedores



A programação seguirá até sexta-feira, 18/10, com palestras sobre comportamento seguro e consumo consciente, dentre outros temas

17 de outubro de 2019

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) está realizando a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT). Pela primeira vez, o evento é realizado de forma integrada com as empresas terceirizadas que operam na siderúrgica. A programação reunirá, até sexta-feira, 18/10, empregados e empresas fornecedoras para palestras sobre Comportamento Seguro; Saúde; Doenças e Infecções Sexualmente Transmissíveis; Consumo Consciente – Responsabilização individual para a prática do consumo sustentável; Dependência digital; e Ferramentas de prevenção.

A palestra sobre o Consumo Consciente ocorreu nesta quarta-feira, 16/10, e teve como objetivos sensibilizar sobre as motivações existentes no ato de consumir e modificar padrões de consumo. O tema foi abordado pela membro-fundadora e vice coordenadora no Instituto Verdeluz, Fernanda Menezes Beviláqua, graduada pela UFC em Oceanografia e idealizadora de eventos culturais ligados à economia local, criativa e circular.

A engenheira de Segurança da empresa Startall e Sodexo, Lucieuda de Paula, identifica diversas vantagens com a integração da SIPAT. “Estamos em uma mesma usina. As atividades, apesar de serem diversas, muitas vezes são no mesmo ambiente. Os riscos não escolhem empresa. Na integração da SIPAT, todos falam a mesma língua, que é a prevenção de acidentes.  Outro ganho bem legal da integração é que mais empregados participam das atividades que são bem dinâmicas. Ao mesmo tempo que se divertem, eles aprendem.”


Divertir para informar

Uma atividade que chamou a atenção dos empregados foi a encenação realizada pela equipe de segurança da empresa Aço Cearense, que foi convidada especialmente para a ocasião.

A peça conta a história da morte, que visita a CSP para fiscalizar quem cumpre as normas de segurança. Porém, graças a procedimentos aos padrões de segurança bem definidos da empresa, a exemplo da APRT (Análise Preliminar de Risco da Tarefa) e bloqueios, todos estão salvos.

Já nos restaurantes, as atividades abordam o papel de todos – empregados e terceiros – na cultura da prevenção de acidentes. “Em uma dinâmica, os empregados identificaram os EPIs necessários para cada atividade e, logo após, entregamos uma caixa que apresentava o responsável pela segurança deles. Dentro da caixa tem um espelho. Ou seja, cada pessoa tem o compromisso com a própria segurança e a dos seus colegas.”, explica Humberto Mota, técnico de segurança do trabalho na empresa CBSI.

No encerramento, sexta-feira, 18/10, o tema será Ferramentas de Prevenção – Análise Preliminar de Riscos – APRT.  Os presentes à palestra aprenderão sobre os perigos, causas, riscos e danos; como elaborar uma APRT; e como utilizar a APRT como ferramenta de Gestão de Risco. O assunto será ministrado pela engenheira de Segurança do Trabalho da CSP, Pauliana Craveiro, graduada pela Unifor em Engenharia Civil e pós-graduada em Engenharia de Segurança do Trabalho e Engenharia Ambiental e Saneamento Básico.

CSP



0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]