Líder do PSL, Delegado Waldir denuncia: Bolsonaro tentou comprar deputados com cargos


(Foto: PR | Câmara dos Deputados)

O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir, afirmou que Jair Bolsonaro tentou comprar deputados para assinarem lista favorável à colocação de seu filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como novo líder da bancada

18 de outubro de 2019

O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), afirmou nesta sexta-feira (18) que Jair Bolsonaro tentou comprar deputados para assinarem lista favorável à colocação de seu filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como novo líder da bancada. Mmbros do PSL e parlamentares ligados a Bolsonaro protagonizam uma série de brigas públicas após um racha que ocorreu na sigla.

"A questão [que eu estava falando] da implosão era o áudio que foi divulgado do presidente tentando comprar parlamentares ao oferecer cargos e o controle partidário para aqueles parlamentares que votassem no filho do presidente", afirmou ele ao jornal Folha de S.Paulo nesta tarde ao deixar reunião do partido em Brasília.

Questionado se haveria margem para um processo contra Bolsonaro afirmou que isso "cabe à sociedade e aos partidos decidirem", mas que o PSL não tomará atitude nesse sentido.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]