Lutador preso envolvido no caso Marielle, postou fotos ao lado de Bolsonaro


(Foto: Reprodução | Mídia NINJA)

Preso na manhã desta quinta-feira (3), acusado de ocultação de arma no caso do assassinato de Marielle Franco (PSOL), o professor de artes marciais Josinaldo Lucas Freitas, o Djaca, postou fotos em que aparece ao lado de Jair Bolsonaro. Aumenta suspeita de ligação do ocupante do Planalto com milicianos do Rio

3 de outubro de 2019 

Preso na manhã desta quinta-feira (3), acusado de ocultação de arma no caso do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL), o professor de artes marciais Josinaldo Lucas Freitas, o Djaca, postou fotos em que aparece ao lado de Jair Bolsonaro. A postagem reforça a necessidade de investigação sobre eventuais ligações do ocupante do Planalto com milicianos.

Também foram presos no Rio Elaine de Figueiredo Lessa, mulher do sargento reformado da PM Ronnie Lessa, e Márcio Montavano, conhecido "Márcio Gordo". Os detidos na operação desta quinta-feira (3) são acusados de obstrução judicial ao ocultar armas.


Outro detalhe é que Elaine mora no mesmo condomínio de Bolsonaro onde também residia o marido dela, acusado de ter feito os disparos contra o carro de Marielle em março do ano passado.

As investigações apontam que o assassinado está ligado ao crime organizado. Marielle denunciava constantemente a truculência policial que ocorria nas periferias e a atuação de milícias.

Brasil 247

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]