Bolsonaro ameaça anunciantes do jornal Folha de S. Paulo



Bolsonaro não apenas cancelou as assinaturas do jornal Folha de S. Paulo no governo Federal como fez ameaças aos anunciantes do jornal. Ele disse: "não vamos mais gastar dinheiro com esse tipo de jornal. E quem anuncia na Folha de S.Paulo presta atenção, está certo?"

31 de outubro de 2019

Bolsonaro não apenas cancelou as assinaturas do jornal Folha de S. Paulo no governo Federal como fez ameaças aos anunciantes do jornal. Ele disse: "não vamos mais gastar dinheiro com esse tipo de jornal. E quem anuncia na Folha de S.Paulo presta atenção, está certo?"

O advogado da Folha, Luiz Francisco Carvalho Filho, afirmou: "se confirmada, a decisão de Bolsonaro configura uma violação dos princípios constitucionais da moralidade e da impessoalidade na administração pública”, 

Outra advogada, Taís Gasparianm, disse: "trata-se de atitude típica de governos totalitários. Chávez e Maduro, por irônica que seja a comparação, fizeram exatamente a mesma coisa com a imprensa na Venezuela. Os veículos todos são ameaçados, não apenas a Folha.

A reportagem do próprio jornal destaca que "em nota, a Folha afirmou que “lamenta mais uma atitude abertamente discriminatória do presidente da República contra o jornal e vai continuar fazendo, em relação a seu governo, o jornalismo crítico e apartidário que a caracteriza e que praticou em relação a todos os outros governos”.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]