Fluminense e Atlético-MG empatam; Cruzeiro, Ceará, Botafogo e Fortaleza ganham fôlego na luta contra o rebaixamento; veja cálculos


Ceará e Fortaleza brigam firme para permanecerem na Série A em 2020

O oitavo empate do Tricolor na Série A dá uma aliviada na enorme pressão nos times que seguem na briga contra o rebaixamento


16 de novembro de 2019

Oempate entre Fluminense e Atlético-MG por 1 a 1, no Maracanã, neste sábado, 16, deixou o Fluminense com 35 pontos, fora da zona de rebaixamento temporariamente (Cruzeiro tem 35 também, mas um jogo a menos), mas numa situação complicada na luta para não cair.

O oitavo empate do Tricolor na Série A dá uma aliviada na enorme pressão nos times que seguem na briga contra o rebaixamento para a Série B em 2020. O Galo chega aos 41 pontos em 33 partidas realizadas, na 12ª colocação; não está livre, mas tem alguma folga ainda com o ponto relevante fora de casa.

Jogam neste domingo o Fortaleza (39 pontos), que encara o CSA (29 pontos, na zona de rebaixamento), no Castelão. O Ceará (36) visita a Chapecoense, enquanto o Botafogo (36) encara o Athletico-PR em Curitiba. Já o Cruzeiro (35 e na zona de rebaixamento) recebe o rebaixamento Avaí na segunda-feira, 18.

Na finalização da rodada 32, o número projetado para que uma equipe permaneça na Série A é de 43 pontos, levando em conta desempenho atual e crescimento históricos dos times nas rodadas finais da competição.

O empate do Fluminense indica que a projeção ficará idêntica, justamente quando restarem cinco jogos para cada clube. "Como o primeiro time da zona de rebaixamento terminará com 35 pontos a rodada 33, já é possível cravar que o número mágico segue em 43 pontos", avalia Thiago Minhoca, estatístico e comentarista da rádio O POVO CBN.

O POVO

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]