2

São Gonçalo do Amarante - CE - Sexta-feira 25 de setembro de 2020 - Ano: XII - Edição: 4.359

Reinaldo Azevedo detona Sérgio Moro e diz que a percepção de corrupção aumenta porque ele não combate a milícia, o caso Queiroz e o laranjal


(Foto: Reprodução | ABr)

"Que coisa! Lula livre contribuiria para rebaixar a avaliação que a população faz do combate à corrupção. Já o senador Flávio Bolsonaro e seu amigão Fabrício Queiroz e o ministro Marcelo Álvaro Antônio, flagrado no meio do laranjal, não devem ter nada com isso…", escreveu o jornalista Reinaldo Azevedo, ao comentar a entrevista do ministro Sergio Moro, em que ele culpa o STF pela percepção de corrupção no país

12 de dezembro de 2019 

O jornalista Reinaldo Azevedo comentou a entrevista de Sergio Moro à Folha de S. Paulo, em que ele culpa o Supremo Tribunal Federal, pelo aumento da percepção de corrupção no páis e não poupou críticas ao ministro da Justiça.  "A coisa mais fabulosa da entrevista é atribuir ao STF a responsabilidade pela avaliação ruim que fazem os brasileiros sobre o combate à corrupção no governo Bolsonaro. Segundo o doutor, isso decorre de o STF ter decidido fazer valer a Constituição no caso prisão só depois do trânsito em julgado", escreveu Reinaldo, em sua coluna. 

"Sugere que a liberdade de Lula fez com que as pessoas avaliassem mal o governo. É uma aberração. Nada menos de 54% aprovam a soltura do ex-presidente. Confrontado com o dado, ele atribuiu essa opinião ao fato de o petista contestar as acusações. Ora vejam! Então ao condenado cabe elogiar a sentença, ainda que se considere injustiçado!? Que coisa! Lula livre contribuiria para rebaixar a avaliação que a população faz do combate à corrupção. Já o senador Flávio Bolsonaro e seu amigão Fabrício Queiroz e o ministro Marcelo Álvaro Antônio, flagrado no meio do laranjal, não devem ter nada com isso… É do arco da velha!", escreveu ainda Reinaldo.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor