Bolsonaro deve ir à TV em cadeia nacional para pedir cancelamento dos atos do dia 15


Bolsonaro e a Globo (Reprodução)

Pedido teria partido de ministros do governo. Informação é da jornalista Vera Magalhães 

09/03/2020

A jornalista Vera Magalhães afirmou, através de sua conta do Twitter, na noite deste domingo (8), ter conversado ao telefone com ministros e que há um plano para distensionar o clima e desmobilizar os atos do dia 15 de março.

De acordo com a jornalista, a ‘senha seria Bolsonaro dizer em rede nacional que a ‘saúde do povo brasileiro está à frente de disputas políticas’”. 

Ela afirma ainda que “Maia já deu a senha para a trégua ao dizer que o parlamento está à disposição. Diálogo deve ser costurado nesta madrugada e nas primeiras horas de amanhã”, de segunda-feira.

Já na manhã desta segunda-feira, em nota no BR Político, a jornalista diz que “juntamente com isso, o presidente enalteceria a manutenção do seu veto aos dispositivos da Lei de Diretrizes Orçamentárias que transferiam para o Congresso R$ 30 bilhões”.

Ela afirma ainda que “tanto Legislativo quanto Executivo passariam a tratar os três Projetos de Lei do Congresso Nacional (PLNs) não como um ‘acordão’, mas como a necessária regulamentação do Orçamento impositivo, que passaria então por um teste, a depender do crescimento, da arrecadação e dos ganhos fiscais advindos com as reformas”.

Dentro do acordo estaria ainda o envio da reforma administrativa à Câmara ainda nesta semana.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor