Lei Renata Herculano: São Gonçalo do Amarante cria Dia Municipal para a Eliminação da Violência de Gênero


13 Março 2020

O município de São Gonçalo do Amarante criou o Dia Municipal para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, que passará a ser realizado a partir deste ano sempre no dia 25 de novembro. A data foi escolhida por marcar uma caminhada realizada em memória da empresária Renata Herculano, durante programação do aniversário do município. Renata foi morta pelo marido, em de 9 de maio do ano passado. O crime, um feminicídio seguido de suicídio, abalou o município de quase 50 mil habitantes. Renata Herculano deixou duas filhas.

A iniciativa partiu do Vereador Pekim e da Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres. Segundo relembra a titular da Pasta, Cleane Hebe, “a empresária, que tinha uma loja de roupas infanto-juvenis, era uma mulher atuante que impactava positivamente na vida de muita gente no município. Ela era comerciante há 20 anos, mais ou menos o mesmo tempo que tinha de casada. Foi algo muito violento, que gerou uma comoção muito grande”.

Em memória à empresária assassinada pelo próprio marido, a lei que instituiu o Dia Municipal para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, a ser celebrado sempre nos dias 25 de novembro, recebeu o nome informal de “Lei Renata Herculano”. Cleane Hebe acrescenta ainda que “as dores da família e da comunidade foram tão intensas que apenas seis meses depois conseguimos, finalmente, prestar uma homenagem, inserindo dentro das celebrações pelo aniversário de São Gonçalo do Amarante (que ocorre no dia 27 de novembro), uma caminhada em honra a tudo que ela representava para o município, com o intuito também de evitar que crimes como esse voltem a se repetir aqui”.

A coordenadora pontua, por fim que “em meio ao avanço da violência contra a mulher no Brasil, o município de São Gonçalo do Amarante e a Gestão Cláudio Pinho escolhem seguir na contramão, e caminhar na direção do diálogo e das ações combativas para que as estatísticas desse tipo de crime fiquem apenas no passado”.

A Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres de São Gonçalo do Amarante (uma das primeiras do tipo instituídas no Ceará) foi criada em 2014 e, tem trabalhado pautas e ações de conscientização contra a violência de gênero junto a todos os segmentos da sociedade gonçalense. Um dos pontos mais fortes tem sido a atuação junto às escolas de ensino fundamental e médio, onde a coordenadoria dobrou, em cinco anos, o número de estudantes alcançados por suas campanhas.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor