2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quarta-feira 30 de setembro de 2020 - Ano: XII - Edição: 4.364

Datafolha: 64% dos brasileiros condenam demissão de Mandetta


O presidente da República, Jair Bolsonaro, cumprimenta, o ex- ministro, Luiz Henrique Mandetta, durante solenidade de posse no Palácio do Planalto

Levantamento divulgado nesta sexta-feira, 17, mostra também que para 36%, a condução do governo frente à pandemia vai piorar após a saída de Luiz Henrique Mandetta do Ministério da Saúde. Perguntados se Bolsonaro tem capacidade para continuar liderando o país, 52% acham que sim e 44%, que não

17 de abril de 2020
...
O presidente da República, Jair Bolsonaro, cumprimenta, o ex- ministro, Luiz Henrique Mandetta, durante solenidade de posse no Palácio do Planalto
O presidente da República, Jair Bolsonaro, cumprimenta, o ex- ministro, Luiz Henrique Mandetta, durante solenidade de posse no Palácio do Planalto (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Pesquisa do instituto Datafolha divulgada na noite desta sexta-feira, 17, aponta que a demissão de Luiz Henrique Mandetta do Ministério da Saúde, feita por Jair Bolsonaro, foi reprovada por 64% dos brasileiros.

O levantamento, publicado pela Folha de S. Paulo, mostra que 36% consideram que a condução do governo frente à pandemia do novo coronavírus vai piorar após a saída de Mandetta, enquanto outros 32% acreditam que vai melhorar com a chegada do médico oncologista Nelson Teich para o lugar de Mandetta.

Perguntados se Bolsonaro tem capacidade para continuar liderando o país, 52% acham que sim e 44%, que não. Novamente, homens são mais favoráveis ao mandatário, com 58% de "sim", número igual ao registrado entre moradores da região Sul, seu reduto eleitoral. 

O Datafolha ouviu 1.606 pessoas por telefone, para evitar contato pessoal, e sua margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou menos.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor