2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quarta-feira 25 de novembro de 2020 - Ano: XIII - Edição: 4.420

Prefeitura de São Gonçalo do Amarante amplia para todo o município a restrição de acesso de turistas e visitantes por 12 dias



10 Abril de 2020

A rapidez com que o novo coronavírus (Covid-19) se espalha demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle, contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública. Pensando nisso, a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante endureceu as medidas de combate à Covid-19 no município. Além das ações que estão sendo realizadas cotidianamente, como desinfecção e limpeza de espaços públicos, vacinação contra a gripe para idosos em domicílio, suspensão das atividades escolares, fechamento do comércio e outros, nesta quinta-feira, 9 de abril de 2020, o Prefeito Cláudio Pinho anunciou a restrição temporária e excepcional de entrada e circulação de pessoas e veículos no município, que possuam a finalidade de lazer, turismo e visita, por 12 dias.

Na quarta-feira, 8 de abril de 2020, o Governo Municipal informou a restrição de 12 dias apenas para o Distrito da Taíba. Mas levando em consideração que o município tem um belo litoral, conhecido nacionalmente pela potencialidade turística, e que isso aumenta o exponencialmente a disseminação do vírus, o Prefeito Cláudio Pinho achou melhor tomar esta decisão.

A restrição é entre os dias 9 a 20 de abril de 2020, período em que haverá início da subida da curva de contágio em São Gonçalo do Amarante e cidades vizinhas.

O acesso a São Gonçalo do Amarante está liberado para pessoas que trabalham em estabelecimentos que estejam funcionando, como o Complexo Industrial e Portuário do Pecém – CIPP. Mas isso deverá ser atestado, mediante apresentação de algum documento que comprove o vínculo empregatício. Os moradores que precisarem se deslocar do município para outras regiões, precisarão atestar residência fixa através de comprovante de endereço.

As pessoas que são proprietárias de uma segunda residência em São Gonçalo do Amarante, e que quiserem ingressar no município, deverão necessariamente cumprir sete dias de isolamento domiciliar.

A Guarda Municipal, a Vigilância Sanitária e o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) serão os órgãos responsáveis por orientar e fiscalizar o cumprimento do decreto, que poderá ser prorrogado, de acordo com a evolução da pandemia.

A ação da prefeitura segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde, da Secretaria Estadual de Saúde do Ceará e da Secretaria Municipal de Saúde, para a redução de circulação de pessoas, enquanto medida de prevenção do aumento rápido da transmissão comunitária do coronavírus, evitando, assim, um colapso no sistema de saúde.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor