Bolsonaro é 'ameaça' à luta contra o coronavírus no Brasil, diz revista médica inglesa The Lancet


Bolsonaro aparece atrás de bandeira do Brasil e ao lado de segurança com máscara
EVARISTO SA/AFP

Bolsonaro observa apoiadores que foram ao seu encontro em Brasília em meio a pandemia de coronavírus; editorial do periódico inglês Lancet afirma que brasileiros deveriam dizer 'E daí' para presidente

8 de maio de 2020

Um duro editorial publicado nesta quinta-feira (7) por uma das revistas científicas de medicina mais importantes do mundo, a The Lancet, destaca a gravidade da pandemia de coronavírus no Brasil por sua alta taxa de transmissão — mas, ao lado dos alarmantes números no país, o texto aponta que "talvez a maior ameaça à resposta à covid-19 no Brasil seja seu presidente Jair Bolsonaro".

Com título Covid-19 in Brazil: so what? ("Covid-19 no Brasil: e daí?"), fazendo referência a uma fala recente de Bolsonaro sobre a piora do coronavírus no Brasil, o editorial afirma que as declarações e atitudes do presidente brasileiro e as turbulências políticas que levaram à saída recente de dois ministros do governo, Luiz Henrique Mandetta e Sergio Moro, são "uma distração mortal no meio de uma emergência de saúde pública".

O editorial destaca ainda a vulnerabilidade "especialmente das 13 milhões de pessoas morando em favelas, aqueles que estão desempregados e a população indígena do Brasil" diante do coronavírus. A publicação veio primeiro na versão online, mas o editorial faz parte na edição semanal que será publicada no sábado.

Leia a íntegra na BBC NEWS

0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor