2

São Gonçalo do Amarante - CE - Sábado 26 de setembro de 2020 - Ano: XII - Edição: 4.360

Celso de Mello do STF quebra sigilo da explosiva reunião do Planalto em que Bolsonaro assumiu interferência na PF


Celso de Mello, Jair Bolsonaro e Sérgio Moro
Celso de Mello, Jair Bolsonaro e Sérgio Moro (Foto: STF | PR)

Agora, tanto o ex-ministro Sergio Moro quanto o procurador-geral Augusto Aras terão acesso ao conteúdo

10 de maio de 2020

O ministro Celso de Mello, do STF, autorizou, na noite de ontem, que as partes do inquérito que investiga suposta interferência na PF tenham acesso ao HD que contém os registros da reunião ministerial no Planalto realizada em 22 de abril, informa o portal jurídico Jota, em seu twitter.

A delegada Christiane Corrêa Machado, que preside o inquérito, irá receber o HD lacrado e deverá comunicar os demais e definir um horário para que compareçam à PF e assistam ao material uma única vez. Caso entenda necessário, poderá marcar novas audiências de inquirição.

"Sem prejuízo da imediata execução desta deliberação, registro que decidirei, brevissimamente, em momento oportuno, sobre a divulgação, total ou parcial, dos registros audiovisuais contidos na mídia digital em questão", concluiu o relator, sobre tornar público o conteúdo.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor