2

São Gonçalo do Amarante - CE - Sexta-feira 25 de setembro de 2020 - Ano: XII - Edição: 4.359

"Não vou esperar foder alguém da minha família. Troco todo mundo", disse Bolsonaro na reunião


Untitled-12.jpg
(Marcos Corrêa/PR)

"Troco chefe, troco ministro"...

12 de maio de 2020

Pessoas que tiveram acesso ao vídeo da reunião ministerial de 22/IV disseram que Jair Bolsonaro ligou a mudança no comando da Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro à proteção de sua família. Segundo o presidente, seus familiares estariam sendo perseguidos.

Um dos presentes relatou ao portal G1 que Bolsonaro disse: "já tentei trocar o chefe da segurança do Rio de Janeiro. Se não posso trocar, troco o chefe dele, troco o ministro”. E completou:

“Não vou esperar foder alguém da minha família. Troco todo mundo da segurança. Troco o chefe, troco o ministro”, disse o presidente de acordo com o relato obtido pela TV Globo.

O novo diretor-geral da PF, Rolando Souza, substituiu a chefia da PF no Rio. Carlos Henrique Oliveira, atual chefe da corporação no estado, foi convidado para ser o diretor-executivo, em Brasília.


1 comentários:

Elizete Arantes disse...

Para Moro fazer o que fez algo grave deve ter acontecido. Cachorro não larga isso facilmente.

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor