2

São Gonçalo do Amarante - CE - Quinta-feira 24 de setembro de 2020 - Ano: XII - Edição: 4.358

“Bolsonaro trabalha pela queda da democracia e nunca escondeu isso”, diz presidente da OAB


Presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, e Jair Bolsonaro
(Foto: OAB / Agência Brasil)

Em entrevista à TV 247, Felipe Santa Cruz diz que “todo brasileiro responsável e democrata deveria estar alarmado com o que está acontecendo no nosso país” e que o que ocorre aqui é um “fenômeno único” no mundo em termos de combate à pandemia do coronavírus. Ele também se diz bastante preocupado com os atos golpistas e que Bolsonaro “quer armar” seus apoiadores

2 de junho de 2020

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, alertou para o discurso antidemocrático de Jair Bolsonaro e lembrou que isso não é uma novidade, uma vez que ele já usava esse tom desde a campanha presidencial.

“O Bolsonaro trabalha pela queda da democracia e nunca escondeu isso”, disse o advogado, em participação no Boa Noite 247 (assista abaixo).

“O Brasil tá em cima de uma bomba. Eu me espanto com a pesquisa que aponta que 52% dizem que o clima é tranquilo. Não há nenhuma tranquilidade. Não há nenhum outro país no mundo onde o presidente trabalha contra as medidas de combate à Covid-19”, criticou.

“Qdo ele fala em democracia, ele fala em democracia autoritária, da democracia, entre aspas, que funcionava na época da ditadura militar. Todo brasileiro responsável e democrata deveria estar alarmado com o que está acontecendo no nosso país”, alertou ainda o presidente da OAB.

Para Santa Cruz, vivemos hoje um “fenômeno único na história do Brasil”, em que Bolsonaro determina o descumprimento de decisões judiciais por parte da PF, em referência à declaração “acabou, porra”, após a deflagração da operação contra as fake news na última semana. “Ele vai decidir o que é absurdo e o que não é [antes de a decisão ser cumprida]”, completou.

Em relação aos atos antifascistas que ocorreram neste final de semana, promovidos pelas torcidas organizadas, afirmou: “Quanto maior for esse movimento da democracia contra o fascismo e o golpe, mais radicalizada vai ficar essa base [bolsonarista], o que obriga todos os manifestantes democratas a pedirem equilíbrio às forças populares, o que nem sempre é fácil”.

Felipe Santa Cruz defendeu “manifestações pacíficas” e disse se preocupar “muito” com os atos bolsonaristas, pois avalia que Bolsonaro “se favorece com esse quadro de polarização”. Ao falar das fake news, cobrou: “temos que descobrir quem financia isso”. O presidente da OAB observou ainda que Bolsonaro “quer armar” parte da sociedade, formada por seus apoiadores.


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor