Gilmar Mendes sobre militares: incomodou porque ‘bateu em perna quebrada’ do governo


Gilmar Mendes
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ministro do STF Gilmar Mendes sugeriu que sua fala sobre militares no Ministério da Saúde revoltou o governo Jair Bolsonaro porque abordou uma dificuldade de gestão da crise do coronavírus

14 de julho de 2020

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes afirmou a pessoas próximas que membros do governo Jair Bolsonaro não gostaram da sua fala sobre os militares no Ministério da Saúde porque ela "bateu em uma perna quebrada" da gestão. A informação é da coluna de Bela Megale, do jornal o Globo.

Em uma live no último sábado (11), Gilmar afirmou que o Exército, que passou a ocupar a pasta, se associou a um genocídio na pandemia do coronavírus.

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e os comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica emitiram uma nota repudiando "veementemente a acusação apresentada pelo senhor Gilmar Mendes, contra o Exército brasileiro (...)".


0 comentários:

[ Deixe-nos seu Comentário ]

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor